Testes em Paul Ricard – Resumo da ORT

A Ocean Racing Technology completou esta sexta-feira o terceiro e último dia de testes em Paul Ricard, França, naquele que foi o primeiro ensaio colectivo de preparação para a Main Series da GP2. Para Karun Chandhok e Álvaro Parente este foi o primeiro contacto com o monolugar da Ocean e com a equipa técnica. Os pilotos rodaram de forma intensa para recolher o maior número de dados possível. Dave Ward, Team Manager da formação portuguesa, sublinha que os dados recolhidos são muito importantes e que ainda há muita coisa a fazer antes da primeira corrida, mas mostra-se satisfeito com a competitividade dos dois monolugares e com a atitude dos dois pilotos que tiveram a difícil missão de testar no circuito francês afinações para outros traçados do campeonato:

“Foram 3 dias de muito trabalho e em que quase não dormimos porque não havia tempo a perder. Experimentámos várias soluções e recolhemos dados importantes. Vamos continuar a trabalhar mas deu para perceber que estamos competitivos. A configuração da pista mudou todos os dias e o setup dos carros também, pelo que é complicado perceber onde é que cada equipa está em termos de competitividade. Mas seguramente estamos no bom caminho,” assegurou Dave Ward.

Karun Chandhok esteve focado na evolução do carro, pelo que estes três dias exigiram concentração e alguma paciência para encontrar a afinação ideal. O indiano que estará esta temporada ao serviço da Ocean realizou dezenas de voltas e garante que haverá diferenças visíveis no próximo teste:

“Estes três dias de teste permitiram retirar muitos dados. Sei que em Barcelona vamos ser ainda mais competitivos, mas mesmo assim o que conseguimos em Paul Ricard já foi muito bom para uma equipa acabada de formar. O meu objectivo é estar mais rápido no início do campeonato e tenho a certeza que isso vai acontecer,” disse Karun Chandhok.

Alvaro Parente também faz um balanço positivo do trabalho realizado. O piloto português que acabou de assinar com a Ocean, aproveitou estes três dias para conhecer a equipa e, a par de Karun Chandhok, começar a evolução do projecto para a temporada de GP2:

“Temos vindo a desenvolver o carro no bom sentido, a traseira já está a meu gosto, falta apenas trabalhar um pouco mais a frente, que ainda foge em demasia. Estou confiante de que no teste de Barcelona poderemos continuar a evoluir até encontrarmos uma solução próxima da perfeição. Este foi o início da minha relação em pista com a Ocean e, na minha opinião, correu de uma forma muito positiva. Senti-me muito bem-vindo pela equipa e desenvolvemos um bom trabalho que espero venha a ser frutuoso no futuro. Porém, é preciso ter presente de que é uma equipa nova, em fase de construção, e que ainda não alcançou a totalidade do seu potencial. Ainda assim, temos já uma boa base de trabalho o que me deixa confiante”, assegurou Álvaro Parente.

Este teste foi também a primeira vez que a equipa portuguesa mostrou as cores e a imagem da Ocean, onde predominam o azul e o preto. A Ocean Racing Technology regressa à pista nos dias 23, 24 e 25 de Março em Barcelona, Espanha, para o último teste colectivo antes do início da Main Series da GP2.

press release e imagens gentilmente cedidos pelo 16Válvulas

14 Respostas

  1. Ora aí estão 4 homens que espero que nos dêem muitas alegrias durante os próximos meses🙂

  2. Sabem que o Nigel Clyde, Engº da ORT a Part Time, anda com o Tiago Monteiro no WTCC desde 2007, e ao mesmo tempo na Racing Engineering durante estes dois anos….

  3. O lucas considera que o alvaro não é um dos seus rivais (toda a gente tem o direito a sonhar hehe):

    “O início dos trabalhos de Lucas Di Grassi na Racing Engineering foi animador. O brasileiro liderou dois dos três dias de treinos coletivos da GP2 realizados em Paul Ricard, na França, de quarta (11) até esta sexta-feira (13). Na única vez em que não terminou na frente, o piloto ficou com o segundo melhor tempo.

    “O balanço final destes primeiros testes foi muito bom. Acho que estamos trabalhando bem já neste início de ano”, celebrou o paulista, que vai disputar a temporada 2009 da categoria de acesso à F-1 pela equipe campeã do ano passado.

    Di Grassi afirmou que encontrou um ótimo ambiente ao se integrar ao time. “A equipe é muito boa e eles estão muito motivados para manter o título que conquistaram no ano passado.”

    Mesmo com o começo promissor, Lucas tem ciência de que tem de trabalhar muito para manter o bom desempenho, mas já destaca quais serão seus principais rivais na luta pelo título. “É difícil comparar neste primeiro estágio. Mas acho que quem andou bem no ano passado vai continuar bem esse ano. É o caso do (venezuelano Pastor) Maldonado, do (francês Romain) Grosjean, (espanhol Javier) Villa e do (russo Vitaly) Petrov”, apontou.

    Não consegui perceber é a parte em que o villa e o petrov andaram bem no ano passado!??

    O factor surpresa realmente pode ser um trunfo para o Alvaro, ninguém pensa que consiga triunfar numa escuderia nova, daí o substimarem, cabe a ao alvaro ser campeão e manda-los todos para as formulas americanas xDhehe

  4. Espero bem que este DI GRASSI tambem ande as vezes atras dos escapes do Varinho,e comece a pensar , que o Varinho tambem sabe conduzir um GP2.O DI GRASSI esta a fazer-se forte.Lol

  5. o di grassi vai ter de beber muito fat burner se quiser ser melhor que todos os restantes,mas é certamente um dos principais candidatos ao triunfo em 2009,assim como o grosjean.o maldonado vai fazer umas poles,uma vitoria aqui um podio ali e muita muita trapalhada.o hulkenberg pode dar que falar, e o sergio perez tambem. o parente pode ser competitivo, e se conseguir ser regular ao longo da epoca e se as qualys lhe correrem bem,acredito que pode ser campeao,mas ainda é muito cedo.vamos esperar pelos testes de barcelona,que esses já serão mais proximos da realidade.

  6. Desculpem o off topic, mas o 16 Válvulas criou um campeonato no batracer. http://16valvulas.wordpress.com/2009/03/14/1%C2%AAliga-16-valvulas-de-batracer/

    Quem quiser que se inscreve, não se vão arrepender!

  7. Bem, eu acho que realmente o Di Grassi é um dos mais fortes candidatos ao título. Está numa boa equipa, tem a experiência do ano passado e nestes testes desde o segundo dia que começou a dominar.
    Mas a vantagem da GP2 é que é um campeonato em perfeita rotação entre vencedores. No ano passado o Pantano alcançou uma consistência muito grande a dada altura que lhe valeu o avanço para o Bruno Senna até ao fim do campeonato. Desta vez julgo que haverá mais competição e o Grosjean, Petrov, Hulkenberg, Kobayashi e esperemos que o Álvaro, podem andar a discutir segundas corridas e sobretudo as melhores fatias de pontos. Ganhar uma ou outra corrida não é importante, o melhor é arrancar bem e nas duas corridas lutar pelos pontos. É provável que este ano sejam muitos os pilotos a trabalhar por essas posições, por isso acho que em perspectiva vai estar mais um campeonato ultra competitivo.

  8. E pensar que o di Grassi esteve a concorrer a uma vaga na F1 este ano! E pensar que o di Grassi conduziu um F1 na Av. da Liberdade! Desde quando o Maldonado, o Petrov e o Villa (17º) andaram bem no ano passado?

  9. Sinceramente acho q os grandes candidatos ao titulo das main series serão o Di grassi e o Kobayashi , espero ver o Álvaro muitas vezes nos pontos e nos pódios tb!

    Já se sabe quais os patrocinadoresda ORT e do Álvaro?

  10. Kobayashi ?!?! duvido…então e o grosjean ? para mim o titulo vai ser discutido entre di grassi grosjean parente(se o carro tiver tão bom como nos esperamos que esteja)
    , e depois talvez o hulkenberg o maldonado e o perez possam dar um ar da sua graça. Kobayashi não me parece…

    quanto a patrocinadores, o alvaro mantem os mesmos, e talvez a parkalgar seja o novo patrocinador.

    quanto à ocean,pelo azul parece que será a tmn,mas não me admirava de ver ali uns autocolantes da galp da CGD e do turismo de portugal.

    quanto ao chandock, traz os seus patrocinadores punj lloyd , amaron e jk tyres.

    esperemos que dinheiro não seja problema e que o AP possa fazer uma epoca sem problemas,e que o chandok consiga tb dar um ar da sua graça,pois seria bom o AP poder contar com a sua ajuda.

  11. não estou é a imaginar os autocolantes da soccerade no carro:S deve ficar uma bocado Xuning mas a ver vamos…

    Quanto á luta pelo titulo, espero grandes lutas entre grojean/digrassi/PArente/hulkenberg…

    Os testes de Barcelona vão definir como vai ser o inicio de campeonato do Alvaro.

    Força Varinho!

  12. Se a soccerade usar as cores da bebida soccerade cold o carro ficará brutal……… http://www.soccerade.com/index.php?option=content&task=view&id=9&Itemid=31

  13. Lindo…:)

  14. Yup, também me parece que dá para fazer umas aplicações bem porreiras da pub no carro. Mas deverá haver departamento para isso e de certeza que cuidarão de um design que cause destaque.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: