Análise ao fim-de-semana de Barcelona

01_APrente_Barcelona_05

Realizaste a melhor volta nos testes de Inverno realizados no Circuit de Catalunya no final de Março, mas no fim-de-semana passado parecia que o carro não estava tão competitivo. Como explicas esta quebra na performance no Dallara Renault Nº 25?
Álvaro Parente:
A pista estava mais lenta oito décimos de segundo que no teste do defeso, mas nós perdemos quase dois segundos, sem que percebêssemos porquê. Julgo que o calor terá tido um papel determinante para esta quebra de performance, mas precisamos analisar cuidadosamente a telemetria para compreendermos o que se passou e evitar que se repita um problema semelhante nas próximas corridas.

O incidente que te envolveu a ti e ao Lucas di Grassi acabou por colocar um ponto final na tua excelente recuperação e de te impedir de marcar os teus primeiros pontos no Campeonato. Podes explicar detalhadamente o que foi que se passou no calor da luta pelo sétimo posto?
Álvaro Parente:
Eu estava bastante mais rápido que ele (Lucas di Grassi) e tinha que o atacar, até porque eu também podia ser ultrapassado e tinha perdido um retrovisor. O Lucas di Grassi teve que abrir para deixar passar o Edoardo Mortara, deixando-me a porta aberta e eu tentei passá-lo. No entanto, ele é um piloto muito experiente, sabe defender-se muito bem e foi o que ele fez. Ele travou muito cedo e defendeu-se pelo interior, o que me surpreendeu e acabámos por nos tocar, terminando a nossa corrida na escapatória.

A Barwa Campos esteve muito competitiva ao longo de todo o fim-de-semana, esperavam que o Romain Grosjean e o Vitaly Petrov fossem tão rápidos? Pensas ser possível à Ocean Racing Technology recuperar o terreno para a equipa espanhola?
Álvaro Parente:
Nós sabíamos que a Barwa Campos seria muito forte, sobretudo com o Romain Grosjean, dado que já na temporada passada tinha sido muito competitiva com o Lucas di Grassi. O que não esperávamos era nós estarmos tão lentos. De facto, eles estão com um ritmo muito elevado, mas julgo que, se nos mantivermos unidos e trabalharmos afincadamente, poderemos tornar o nosso carro mais rápido.

Este não foi o início de temporada que ambicionavas, dado que abandonaste Barcelona sem qualquer ponto. Julgas ser-te ainda possível lutar pelos lugares cimeiros do Campeonato?
Álvaro Parente:
É claro que seria muito melhor se tivéssemos começado o Campeonato a vencer corridas, mas a época começou agora e temos muitas provas por realizar. Iniciei a temporada com o intuito de me bater pelas melhores posições do Campeonato, mas nunca esperei facilidades – o automobilismo não é assim, existem muitos factores em jogo, o que torna tudo muito complicado.
Eu e a Ocean Racing Technology vamos continuar a trabalhar e a dar o nosso máximo e espero que já na próxima etapa, a disputar no Mónaco, possamos reflectir o nosso esforço em resultados, dando início ao nosso Campeonato.

38 Respostas

  1. qual é a fonte desta entrevista ?

  2. Afinal este capacete é um Stilo, mas com a pintura antiga!

  3. Quando e que o Álvaro estreia o novo desenho do capacete?

    • Não estreia, vai continuar com este capacete😛

      • Então pq?

      • Acho um bocado falta de educação andarem pessoas a desenvolver o layout de um capacete, durante meses, obtem a aprovação do Álvaro, e no fim “não se sente preparado”!

        Ficou muito mal na fotografia.

      • caro tomas, temos que ter em consideração que este design do capacete ja é herança de familia,e naturalmente que deve ter muito valor sentimental para o AP.alem do mais, não foi o AP que pediu que lhe izessem um novo capacete.certamente que o amigo tomas tambem não utiliza todas as pantufas peugas e pijamas que recebe no natal😉
        mas compreendo o que está a dizer,de facto até gostei do novo design e esperava que o AP o utilizasse esta epoca,quanto mais não fosse pelo azul das quinas combinar na perfeição com o azul do carro.

      • Desta maneira a caricatura do AP está desactualizada😉

    • O Álvaro preferiu voltar às origens, ainda não se sentia preparado para um desenho tão diferente. No fundo, percebe-se. O que importa é que o capacete seja ao gosto dele eheh

  4. curioso na imagem o luca di grassi tar a atras do alvaro…

  5. Honestamente prefiro este modelo acho que tem mais a ver com o varinho, podia manter as cores mas mudar um pouco o desenho.

    Mudando de assunto, para quando a apresentação da Ocean? Press Release de Barcelona? Gostava de ouvir o que o Nigel Clyde tem a dizer sobre a performance dos carros, ideias para evoluir, sei lá qualquer coisa…

    Que o Varinho vença no Mónaco pois o fim de semana passado sobe a pouco…

  6. Realmente o desenho do novo capacete é giro, mas….perfiro o antigo. É mais simples, mais “nítido” e para mim tem mais a ver com a imagem de um piloto F1 (digo eu). Honestamente a mudar alguma coisa no capacete que sejam apenas detalhes.

    Força Varinho! NUNCA CAMINHARÁS SOZINHO!

  7. hoje mais uma equipa,desta vez a litespeed da f3, anuncia a sua intenção de se candidatar a uma vaga na f1 até agora temos:
    aston martin / prodrive
    epsilon euskadi
    barwa
    meritus
    super aguri (apesar de ter desmentido,a honda pode ter-se arrependido de abandonar a f1…)
    ART
    isport
    USGPE
    racing engineering admitiu interesse mas apenas para 2010
    nao seria descabido a renault despaxar o piquet jr para a barwa e dar um carro ao grosjean e ao parente…
    e o d alfonso é muito amigo do varinho…
    e os srs da usgp em tempos falaram em sato e parente…
    e a meritus ja tb o conhece …
    2009 vai ser um ano muito importante !

    • Se uma das listadas acima, efectivamente entrar para a F1 no próximo ano, já fico contente.

    • Todas estas equipas estão à espera do Budget cap anunciado para 2010, que, muito provavelmente, com a pressão que as actuais equipas estão a fazer, vai ficar em aguas de bacalhau.

      • hoje vai haver uma reuniao entre mosley,bernie e as equipas.pelo que percebi as equipas não se opoẽ à limitação orçamental mas sim ao regulamento bipolar.era o mesmo que num jogo de futebol barcelona-barcelos , o barcelos como tinha uma equipa que valia menos que X cada vez que passasse o meio campo era golo.o mad max mosley está louco de vez ! está a violar a lei mais basica do desporto : as regras sao iguais para todos e são para cumprir.

      • Sim é verdade. Mas as equipas não querem baixar tão radicalmente o orçamento de uma só vez.
        se se fixar um limite superior ao anunciado mtas destas potenciais novas equipas vão perder o interesse.

      • parece que afinal o regulamento bipolar vai ficar na gaveta.foi o proprio ecclestone que o disse À saida da reunião.vamos esperar para ver.

  8. boas,

    Alguém sabe de um local onde possa encontrar e fazer o download das repetições das 2 corridas de espanha?

    • experimente procurar no emule ou nos torrents , por exemplo. eu gravei ambas as corridas da sportv,e mais cedo ou mais tarde hão de estar disponiveis aqui no blog.so falta mm comprar a placa para passar para o pc.

  9. A meta e uma grelha com 26 carros,ou mais. A partida,grelhas so com 20 carros ou menos, isso vai acabar concerteza.Então de uma forma ou de outra três equipas vão entrar sempre.O Alvaro tem que começar a acabar corridas,para não ficar para trás no campeonato, e a sua hora tem que chegar concerteza.E este ano e muito importante para ele.
    Abraço

  10. Muito já se disse sobre a primeira corrida de Barcelona.O Alvaro fez uma grande corrida e verdade, so digna de um grande piloto,mas não acabou a corrida,e o que fica para a historia são os pontos.E então, não me canso de dizer, ou o Alvaro começa a pontuar, ou F1 nunca mais.A F1 não espera.O Alvaro tem que ser consistente,acabar corridas e pontuar, chegar ao fim da epoca e ficar com 80 a 90 pontos, e so assim sera campeão,ou vice, tudo o mais e andar a roda.Não queria dizer isto, porque há pessoas aqui que não concordam,mas e a realidade nua e crua.Não tenham ilusões.Não há outra forma,não se pode correr e não acabar corridas,por culpa alheia ou propria, o Alvaro e os seus seguidores mais proximos já deviam saber isso.Mais vale chegar em 7º ou 8º na primeira corrida e não fazer grande corrida do que querer ser 6º ou 5º e depois não a acabar.E preciso muito cuidado na Gp2 há pilotos que querem prejudica-lo,tal como o Di Grassi, que travou antes e o Alvaro nada pode fazer.Tem que ter muita atenção.Alvaro pontuar, pontuar e a meta e se possivel ganhar.

    • Como é que se ganha quando se fica satisfeito com o 8º lugar e não se arrisca para subir mais um pouco? É muito fácil criticar quando as coisas dão para o torto, mas mesmo visto “à posteri” gostei mais que o Álvaro tivesse um acidente por tentar do que tivesse chegado ao fim por não tentar.
      Mais vale ser rico com saúde do que pobre e doente😛

  11. Não e caso de ficar satisfeito ou não com o 8º lugar.Sabe quantas corridas o Alvaro não acabou o ano passado?Sabe quantos pontos poderia ter marcado o Alvaro o ano passado?Tem seguido as corridas do Alvaro?Acha que ter acidentes e bom?O Alvaro correu um risco desnecessario ao andar no meio daquela molhada.Para já o Tiago estava a ver a corrida, via que o Di Grassi estava sem pneus so tinha que comunicar ao Alvaro para o passar na volta seguinte.Não e preciso ser,engenheiro para ver que o Di Grassi estava com os pneus desfeitos.Correr não e so pe na tabua,tem tantas outras coisas.

    • Bem, eu tenho seguido as corridas do Álvaro, e devo-lhe dizer que vi corridas muito boas, mesmo aquelas em que não acabou, e até alguns acidentes que não foram provocados por ninguém, ou seja, devidas ao próprio Álvaro. E estas coisas acontecem porque ele anda sempre nos limites, como aliás espero que continue, porque sé tem lugar na F1 quem está disposto a andar sempre nos limites.
      E digo-lhe mais: estou convencido que se o AP não fosse como é não seria o piloto mais apetecido de todas as equipas de GP2, como estou convencido que é.

      É claro que o Sr. José Neves é livre de dizer o que lhe apetece, inclusivé de tentar “dar conselhos” ao próprio AP sobre o que ele deve ou não deve fazer, e é claro que o AP até pode seguir os seus conselhos, mas eu espero sinceramente que não o faça.

      E é claro que eu podia ter lido a sua crítica (mais uma vez) à forma como o AP se portou e simplesmente não dizer nada, mas se o senhor é livre de dizer o que lhe apetece eu também sou. E o que eu acho é que o Sr. José Neves é daquelas pessoas que se julgam mais inteligentes que toda a gente (os tais “treinadores de café”) e debita disparates a torto e a direito sempre que o seu clube não ganha.

      • um reparo : estavam 4 ou 5 carros colados. o AP se não atacasse arriscava-se a
        ficar em 9º ,fora dos pontos. o AP era obrigado a atacar, e fê-lo muitissimo bem.
        infelizmente foi ele que bateu no di grassi, é verdade, mas o di grassi quase que
        parou no meio da pista.o sr josé neves vibra muito com o desporto e tem a sua
        opinião tal como todos nos temos a nossa.não me parece correcto atacarem o
        colega,que é dos membros mais activos deste blog.tambem não concordo com
        tudo o que o amigo josé neves diz, mas o seu apoio ao AP é inquestionavel.
        não se ataquem uns aos outros,senão isto qualquer dia está como o forum do
        autosport…
        é facil criticar depois de o leite estar derramado.mas se não fosse o AP com o
        volante na mao nunca aquele carro estaria na luta pelo 5º-9º lugar. é a
        agressividade e a combatividade,aliada a uma condução “limpa” (estilo alonso)
        que faz do AP um piloto extraordinario.
        cumprimentos e um bom fim de semana a todos

      • Amigo Quark

        Eu não poderia ter escrito melhor.
        100% de acordo.
        Alerto tambem para a parte do respeito pela opinião de todos.
        Tambem não quero que este sitio fantastico se trnasforme na “feira” que é o forum do autosport.

        Força Varinho sempre contigo. Dá-lhes no Monaco!!!!

        Saudações a todos os menbros do forum

      • Caro JAZZDA,aquilo que o Sr.acha não estou preoucupado, nem quero polemicas
        mas se calhar tenho idade para ser seu pai, e já vejo corridas há muitos anos.E
        aqui no blog ainda não lhe disse ,que o sr e ou não treinador de cafe.Mas,
        enquanto estiver ligado ao blog, e me permitirem irei sempre dar a minha opinião,quere sr.goste,quere não goste, garanto-lhe que não estou preoucupado.

  12. Ora boa noite,

    Apesar de pouco ter participado neste blog, sou grande fã do nosso piloto desde o tempo das WSR (foi a primeira vez que ouvi falar dele e fiquei logo fã) e acompanho o blog praticamente desde o 1º dia. Parabéns aos dinamisadores do blog (pelo menos o Diogo conheço-o das corridinhas no rFactor hehe) e a todos os que aqui intervêm.

    Li uma critica ao Álvaro num blog inglês que gostava de partilhar aqui convosco. Basicamente, a critica é sobre as declarações que o Álvaro diz nesta entrevista:
    http://www.autosport.com/news/report.php/id/75279

    Mais concretamente isto:
    “The pace was not that impressive”

    “So I think we are missing general pace, and we’ll have to see why that is because we’re not right there. For sure we have to improve.”

    “For Saturday’s race I had the car to finish sixth. No better.”

    O autor do post diz que a GP2 não é a F1, que os carros são todos iguais e que dizer que o carro não tem andamento é o mesmo que dizer que: ou o piloto é fraco a pilotar ou o piloto é fraco a fazer o setup.

    Nos comentários ao post é referido que aparentemente o carro tinha algum problema e a ORT sabia isso, pelo que, na opinião do autor do post, se o Álvaro quisesse dar uma reprimenda à sua equipa recém criada, que a devia ter dado internamente e que tem de ser mais paciênte já que este género de declarações não ajudam uma equipa em crescimento.

    Deixando as declarações de lado, o que eu gostava de saber é o que destingue os carros na GP2.

    Se é apenas o setup, porque é que vos vejo escrever aqui no blog, por exemplo, que com o carro da meritus ou da ort nenhum outro piloto fazia melhor? Ou essas equipas têm sempre problemas no carro? e que tipo de problemas são esses?

    E os setups são feitos apenas naqueles 30mins/12voltas do practice? isso dá tempo para fazer um setup adequado? Ou as equipas têm também simuladores? Se têm, não serão uns melhores que os outros, o que poderá conferir vantagem a determinada equipa? A ort tem algum simulador?

    Ainda relativamente ao setup, apartir daqui a ort não terá ainda mais dificuldades já que, como equipa nova que é, não tem qualquer informação de telemetria das pistas que se seguem, ao contrário das outras equipas que já lá correram em anos anteriores? Devemos esperar uma maior queda no rendimento do carro?

    E, para terminar, serão mesmo falta de paciência estas declarações do Varinho? Estará ele sob demasiada pressão?
    Como grande fã que sou dele, acho que ao longo da sua carreira já provou que tem valor mais do que suficiente para estar na F1, muito mais do que alguns que lá andam.
    Mas a verdade é que esta época é dita como o tudo ao nada para o Parente e o pior que podia acontecer agora era ele começar a acusar a pressão…

    Bem, desculpem o post tão longo. Se alguém quiser e souber esclarecer as minhas dúvidas ficava muito agradecido.

    Abraço

    • Olá Ferreira! Nunca mais apareceste para umas corridas eheheh
      Vou ver se consigo responder a algumas das questões tendo em conta os poucos conhecimentos que tenho.
      As equipas têm de comprar as peças para o carro, e essas peças custam dinheiro e são um pouco caras, pelo que as equipas por não terem dinheiro podem ser obrigadas a andar algumas corridas com as mesmas peças, e elas perdem rendimento de prova para prova…
      Há simuladores, lembro-me que o Álvaro o ano passado testou num simulador a convite da Campos, as equipas já têm um setup “base” que depois é alterado em função, das características de cada pista.
      Quanto às declarações do Álvaro, o Álvaro tem uma pressão extra pois este é o ano do tudo ou nada em relação à F1, pois ficar um 3º ano na GP2, além de ser caro e obrigar a todo um processo de angariação de patrocínios, que como sabemos, é extremamente difícil no nosso país, ainda joga com o factor idade e hoje em dia cada vez mais as equipas querem os pilotos mais jovens e por último é desejo do Álvaro ir para a F1, por isso é natural que se sinta pressionado e que se pressione a ele próprio.

      É esta a ideia que eu tenho, não garanto que seja 100% correcto aquilo que eu disse, digo isto em função do que tenho observado ao longo dos tempos.

      Abraço🙂

    • boas
      relativamente À questão dos carros, o que diferencia os carros de equipa para equipa é , no fundo o nº de autocolantes (=patrocinos,=dinheiro) algumas equipas sao junior teams de equipas de f1 (arden=red bull , barwa = renault , ART é do filho do jean todt) e meios/engenheiros.as equipas acho que nao têm tuneis de vento mas têm rigs, que são uma especie de simulador que submete o carro aos esforços que o mesmo estaria sujeito num determinado circuito.desconheço se a ORT tem um. a ORT deve ter herdado tudo o que a BCN tinha em material, e em recursos humanos reforçou-se bastante,ao ponto de não ter ficado ninguem da antiga estrutura.
      os comentarios do AP so podem ser encarados como os comentarios de um campeao,a quem tudo o que seja inferior a uma vitoria não satisfaz.não se trata de descontentamento com a equipa,mas sim o tipo de descurso que ja muitas vezes vimos o alonso fazer em relação À renault,e ninguem o critica ou lhe tira valor por isso.
      penso que a ORT fui uma surpresa pela positiva em barcelona e na GP2 o piloto ainda conta muito.por isso é que o AP se irá dar bem,mesmo que não seja campeao.
      se o AP não é bom a desenvolver carros,porque motivo é que ganhou as WSR com um carro que nunca tinha saido dos ultimos lugares em anos anteriores ?
      se o AP é assim tão fraco a desenvolver monolugares,porque motivo é que a renault sport o convidou para desenvolver o novo carro das WSR ?
      os mecanicos e engenheiros da renault f1 ficaram muito impressionados com a prestação do AP quando testou em barcelona o ano passado.
      esses comentarios não impressionam quem conhece o real valor do nosso piloto.quanto à ORT,alguem ainda se lembra por onde andava aquele carro (ex-BCN) à um ano atras ?
      caro P.ferreira,não se acanhe e participe mais vezes,será sempre bem recebido.

  13. Concordo com aquilo que o Quark disse, acho que devemos respeitar a opinião de todos, sejam a favor ou contra, eu por vezes também não apoio algumas coisas que o sr. José Neves diz, mas respeito e sei que no fundo só tenta ajudar e apoia o Álvaro incondicionalmente, o que é de salutar, até porque é dos maiores intervenientes neste blog, pelo que não acho que seja mais esperto do que os outros, tem a sua opinião, tal como eu tenho a minha, e é para isso que estamos cá, para darmos a nossa opinião, para “discutirmos”, mas sempre mantendo a boa disposição e o respeito, porque para ser o contrário já nos basta o forum do autosport.

    Quanto ao fim de semana do Álvaro, apesar de não ter pontuado, que é o que realmente interessa, o Álvaro deu espectáculo, com toda a sua combatividade e agressividade (mas sempre de forma correcta, ao contrario do Maldonado por exemplo), foi pena não ter pontuado, mas paciência, that’s racing.
    Não nos podemos esquecer que o Álvaro está na ex-BCN e como tal não se pode esperar maravilhas à partida pois a ORT é recente, a estrutura certamente ainda se está a entrosar e não dispõe os meios que a Barwa Addax tem, mas tem certamente um corpo técnico que é competente e que pretender dar todas as hipóteses ao Álvaro e ao Karun para bons desempenhos durante a corrida.
    Quanto ao facto de o Álvaro ir para a Fórmula 1, é algo que eu gostava que acontecesse, todos nós gostaríamos, mas a F1 não é a única categoria existente, e o Álvaro já demonstrou que pode dar cartas, por exemplo, nos GT’s, basta ver que sem nunca na vida ter conduzido um GT, dá um avanço de 20segundos e marca a volta mais rápida com uma diferença de 2segundos(!), por isso se não for na F1 o Álvaro vingará noutra competição.
    Até lá ainda falta todo o campeonato de GP2, ainda agora começou, pelo que resta-nos enquanto fãs do Álvaro dar-lhe o apoio que ele necessita e motivá-lo, mas sempre respeitando a opinião de cada um de nós.
    Abraços a todos🙂

  14. Amigos

    Como sabem apoio o AP seje em que competição ele esteja.
    No entanto a menos que o Sr Jorge Mendes se mexa no submundo dos “interesses da F1” será sempre muito dificil o AP entrar na F1, senão veja-se o caso Buemi, batido consistentemente por muitos pilotos da GP2 e foi graduado para a F1.
    O caso do Piquet que anda a fazer provas de spins, lol e outros.
    No entanto acredito sempre e tambem acho que em Portugal existe gente com influência suficiente na FIA e no paddock da F1.
    Se todos quizerem e deixarem de olhar para o umbigo, poderemos ter um projecto Tuga na F1 e desta vez com um GRANDE piloto.
    Por isso deixo aqui o meu apelo, senhores com influência vamos apoiar o nosso Diamanate.

    Abraços

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: