Alvaro no 2º lugar em Nurburgring

Com uma forte performance o piloto portuense conseguiu hoje conquistar o seu primeiro pódio da época. Com o piso molhado Álvaro Parente conseguiu um bom arranque e mais uma vez foi bloqueado pelo russo Vitaly Petrov na primeira curva. O Álvaro rodou no 3º lugar até que a três voltas do fim após uma intensa batalha com Kobayashi, conseguiu ultrapassar o japonês terminando assim a corrida no 2º lugar.

Tabela de Classificações:
classificaçao nurburg

26 Respostas

  1. Finalmente o grande Parente volta ao pódio. Já não era sem tempo.
    Foi uma corrida bem controlada pelo Parente, não arriscando na complicada primeira curva, mas sendo forçado a alargar a trajectória, tendo depois arriscado apenas quando era possível, evitando os erros e os problemas, forçando o Petrov ao pião.

    Como eu tenho pedido um pouco, e o Tiago Monteiro disse no final da corrida à Sport TV: uma corrida com cabeça.

  2. Estou completamente de acordo,finalmente uma corrida com muita cabeça,reduzindo os impetos que tanto o tem prejudicado em diversas situações.Eu tambem a muito tempo que frisava isso neste blog.Vamos ver,se continua assim ate ao fim do campeonato.Foi bom , para a psico do Alvaro.Bem verdade que o carro não estava competitivo como os ART,e os BARWA, mas a ORT já esta a um bom nivel.O Alvaro ainda não tinha rodado a chuva com o seu ORT, em corrida, e estve bastante bem.
    Parabens Alvaro.

    • De facto o carro, apesar de fugir um pouco de traseira em alguns momentos, esteve controlável, e o Parente não cometeu nenhum erro que o levasse a perder terreno, tirando quando estava a pressionar o Kobayashi, o que é perfeitamente natural já que ou arriscava ultrapassar com risco de ser ultrapassado, ou era ultrapassado sem arriscar.

      • Correcto.Hoje o Alvaro foi um piloto com cabeça fria, e muita calma,pois a GP2
        e muito competitiva onde não se perdoam os erros.Essa calma ele ja deveria
        ter tido nas corridas anteriores.
        Afinal eu já dizia isso a muito tempo,a corrida so acaba quando se ve a bandeira
        de xadrez, embora muitos colegas do forum estivessem em desacordo.Mas agora
        ai esta a demontração da minha razaão, e os pontos e as boas corridas apare-
        ceram.eh eh.

  3. Muitos parabéns ao álvaro!!

    Finalmente o prazer de ver o álvaro pontuar nas duas corridas, acredito que daqui para a frente o álvaro terá mais clarividência, e a noção de quando deve ou não atacar. Hoje deu ideia que poupou os pneus até chegar a altura certa para atacar o koboyashi.

    Fiquei apreensivo quando liguei a tv e percebi que ia ser uma corrida à chuva. Seriam boas notícias para quem parte mais atrás na grelha, não para quem sai de 3º. Felizmente teve um bom arranque. Mais para o fim da corrida voltou a ver-se em posição ensanduichada entre o koboiashi e o petrov, mas os deuses estiveram com o álvaro. Foi o fim de uma série negra de 17 corridas.

    Algumas notas:
    1) o petrov fez novamente na 1ª curva aquela habilidade que já tinha feito na 2ª volta da turquia (o sai largo e chega para lá a quem está por fora). Deus escreve certo por linhas tortas, e o petrov acabou por levar o stop & go, não por isto, mas por um toque que deu ao di grassi numa fase inicial da largada;
    2) o hulkenberg aparenta ser o piloto mais apetitoso da gp2 neste momento;
    3) a corrida à chuva confirmou o elevado andamento dos pilotos pilotos melhor classificados, nomeadamente o hulkenberg, o grosjean e (quem diria) o petrov.

    Olhando para a pontuação, vê-se que se o álvaro começar encarreirar com pontuações regulares, não terá problemas em chegar ao 5º lugar da classificação. Quem sabe, um pouquinho mais se o grosjean passar para a F1, e se se confirmar o mau momento do di grassi e da racing engeneering. Pedem-se mais fins de semana assim. Não precisa de fazer este e o outro mundo, apenas pontuar com regularidade.

    • Concordo plenamente.Ha que tempos que eu dizia isso.O Alvaro deixou-se ficar para traz, nas corridas anteriores por isso mesmo,ma gestão das corridas, e muito ansioso,parecendo querer vencer tudo em poucos minutos.Mas a Gp2 esta recheada de bons pilotos, e algumas equipas muito mais competitivas que a ORT.O Hulkenberg,mostrou hoje que e um grande piloto.E de referir que e o seu primeiro ano de Gp2,e já e primeiro.Quanto ao Alvaro poderia estar num 3º ou4º na geral,mas….Vamos ver agora ate final da epoca, se começa a somar pontos.

    • Quase completamente de acordo: só não acho que tenha sido ensanduichado por Petrov e Kobayashi, já que não me lembro de ter ficado lado a lado com os 2.
      Essa de poupar os pneus para a parte final não me tinha lembrado que podia ser o caso, mas provavelmente foi, até porque depois de ultrapassar o japonês o Parente “foi-se embora”.
      O Grosjean não está confirmado na Renault F1? Nesta corrida fez uma grande prova, recuperando lá do fundo para o 5º lugar, o que lhe permite provar que tem estofo para a F1. Queiramos ou não, tem mostrado nestas 2 épocas que está em melhor forma que o Parente, e que merece mais que o nosso Varinho um lugar na F1, mas o Parente ainda conseguirá mostrar que merece subir de escalão, até comparando com alguns pilotos que para lá vão, como o que se fala para a Toro Rosso.

      • O Alvaro tambem fez grandes recuperações,que infelizmente nãp deram pontos.
        Mas pelo motivo de as corridas anteriores terem sempre sido em piso seco,pois
        no molhado e mais facil recuperar para quem anda bem a chuva.Do piloto que
        se fala para a Toro,não o reconheço como um bom piloto.Mas la esta, e Espa-
        hol.Quanto ao Varinho tem que continuar assim ate ao fim do campeonato,para
        poder ter alguma ilusão para 2010.

      • Pois, de facto no molhado torna-se mais fácil a um bom piloto recuperar posições.
        Ainda assim, nacionalismos e apoios à parte, o Grosjean tem-se mostrado um melhor piloto que o Parente, mas o nosso Parente está ao nível dele, e dos outros que andam pela GP2. Com mais azar até este fim-de-semana, é certo, mas agora vai ser sempre a ganhar (assim se sonha).

      • não conhecem o jaime alguersuari ? é só o filho do gajo que gere as WSR…outro piquetzinho que se der o salto vai se dar mal,porque não esta preparado, e que so la chega pelo pai que tem e não pelas maozinhas que (não) tem…
        acredito mais no sato para fazer esse papel,ele que até testou pela toro rosso no inicio da epoca.

  4. Grande fim de semana para o AP.
    Esteve fantastico, teve cabeça fria qb e isso fez com que pontuasse nas 2 corridas e subisse ao podio.
    é isso q tem que fazer nos proximos GPs. mantendo esta toada vai de certeza repetir bons resultados como este e até melhores.
    Estamos ainda á espera de uma vitória!😉

  5. Existe algum site para ver a repetição da corrida?

    • Existe um que precisa de convite e que daqui a umas horas ter disponível a corrida. Se quiseres posso-te enviar um convite, mas é preciso que me envies um mail para nuni21 at gmail ponto com.

  6. em primeiro lugar,parabens ao varinho pelo muito merecido e muito aguardado primeiro podio da epoca !
    infelizmente não pus a box gravar nem vi a corrida😦
    mas tal como eu ja tinha dito,se calhar era eu que dava azar ao AP,e foi isso que hoje ficou provado.seja como for a corrida vai dar outra vez hoje à 1h da manhã na sportv1.

  7. GP2 – Nurburgring: Parente no pódio
    Data: 12/07/2009 10:48

    Depois de ontem ter alcançado os seus primeiros pontos da temporada, hoje Álvaro Parente estreou-se este ano no pódio numa pista molhada com tendência a secar, oferecendo à Ocean Racing Technology o melhor resultado da sua curta história.

    O piloto português parece ter definitivamente colocado um ponto final no azar que o acompanhou ao longo da época e hoje assegurou o segundo lugar, vendo-se batido apenas por Nico Hulkenberg que voou em Nurburgring, repetindo o triunfo de ontem.

    No terceiro posto ficou Kamui Kobayashi, que foi ultrapassado por Parente a duas voltas do fim, vendo-se obrigado a contentar-se com o degrau mais baixo do pódio.

    Karun Chandhock abandonou, enquanto que Ricardo Teixeira terminou, como habitualmente, no cauda do pelotão.

  8. noticia autosport.pt :

    Notícias

    Segundo lugar após luta intensa com Kobayashi
    Álvaro Parente regressa aos pódios na GP2

    Ao passar Kamui Kobayashi a três voltas do fim, Álvaro Parente foi segundo na corrida sprint da GP2. Nico Hülkenberg foi o primeiro desde Monza 2006 a ganhar duas corridas no fim-de-semana e é o novo líder do campeonato.

    Álvaro Parente regressa aos pódios na GP2 –

    Autor de um excelente arranque, Parente teve que ficar em terceiro depois de ter sido bloqueado por Vitaly Petrov na primeira curva. Parente passou as voltas seguintes a manter uma constante série de ataques a Kobayashi, mas depois de ter sido ultrapassado por um irresistível Nico Hülkenberg, começou a poupar o andamento.

    Vitaly Petrov foi penalizado com um stop-and-go e depois fez um pião, permitindo ao piloto português recuperar o terceiro posto. Parente voltou a pressionar o japonês da DAMS na fase final, passando-o na entrada da recta da meta, quando faltavam apenas três voltas.

    Karun Chandhok, colega de Parente na Ocean Racing Technology, foi obrigado a abandonar na primeira volta, enquanto Ricardo Teixeira terminou no 15º lugar.

    Para Tiago Monteiro, depois de um terceiro e agora um segundo lugar para os pilotos da sua equipa, só fica a faltar a vitória: “O nível da GP2 é alto, por isso não é fácil, mas estamos no caminho certo. Hoje o Álvaro esteve muito bem, pois geriu a sua corrida com muita cabeça. A parte final foi complicada, mas a boa gestão que fez dos pneus pneus permitiu-lhe o bom resultado.”

  9. e segunda melhor volta da corrida

    • não terá sido a terceira? A primeira acho que foi do brasileiro que ficou em 15º, logo o ponto de volta mais rapida foi para o alemão que ganhou a corrida.

  10. Parabens Parente, de volta ao lugar que mereces:D

  11. na conferecia de imprensa o AP mandou algumas bocas ao petrov :

    GP2 Series: Alvaro, finally on the podium that you have been looking for all season: how does it feel?

    Alvaro Parente: Great for the weekend really, starting on the Saturday race. We’ve been very competitive everywhere really, maybe not Barcelona but everywhere else, qualifying third in Silverstone, sixth in Monaco, so always in the points area, but it just hasn’t come together because of people crashing into me, Petrov crashing into me [laughs], me making a big mistake in Turkey. So this weekend it all came together, and maybe the ultimate pace we were stronger in Turkey than here with these soft tyres, but we are working on them in the right direction. It is coming together this weekend, and it had to come because we’ve been fast all the time, so we’ll keep working until the end of the season.

    GP2 Series: As you say, you’ve had so much bad luck, and this race was so chaotic that it seems almost incredible that you got through it: talk me through you first couple of laps.

    Alvaro: I think the thing was there: I had a really good start and got to first, and as soon as I braked and tried to turn into the first corner I looked in my mirrors and I saw Petrov more or less locked up, and seeing that he was not going to make the corner if I turned in where I wanted, so I couldn’t turn in or I’d have him on top or crashing into me. It’s not very normal with him again, and also in Silverstone he did the same thing, so I don’t have any respect for him. It’s just not very normal: if I turned in where I wanted then we would have crashed, and that’s it. After that Hülkenberg had an extreme pace, and a lot more general grip than me, but towards the end we were kind of alright. I think we just needed a bit more grip at the start of the race, especially at the rear, but towards the end we were okay: it was quite difficult to overtake Kobayashi as well, because for most of the race he was the same pace as me or even a little bit faster, but at the end I was much faster and I managed to get past him, and that was it.

    GP2 Series: It was a hell of a fight between you and Kobayashi, and then Petrov joined in too…

    Alvaro: Yeah Petrov, he was so much faster, and also Grosjean, so they must have found a good arrangement for today in terms of car balance.

    GP2 Series: The second podium for you guys this year: what does this do for the team?

    Alvaro: Here it brings what we deserved for a long time already, and is good for all the work that we have been doing. Here it shows the speed that we’ve been showing in qualifying, it all came together, and it’s good, you know? We deserve it, we should be there, and we’re going to try and stay in the points, and hopefully podiums, from now.

    tendo em conta que em barcelona o AP bateu contra o di grassi e deixou-o fora de prova,numa manobra que quase arrancou a cabeça ao brasileiro, não lhe ficou muito bem este comentario em relação ao petrov… mas por outro lado é bom ver que o AP não tolera estas manobras e que chama os bois pelos nomes.

    • E fez bem, há que assinalar que o Petrov anda a exagerar nas tentativas de passagem e depois bloqueia os outros pilotos ou retira-lhes chances de continuar em pista como sucedeu com o Di Grassi hoje. Vá lá que o penalizaram, mas na Grã Bretanha não foi muito diferente quando quebrou a direcção do Álvaro.

      A corrida do Álvaro hoje foi notável, notava-se que o carro estava com falta de grip e nada fácil de segurar nalgumas curvas. Tremendos Kudos por isso e depois o ataque ao Kobayashi foi excelente, mas cauteloso, o que foi vital para o sucesso da jornada.

      Parabéns! Venha agora o hungaroring🙂

    • Parece-me que os incidentes entre estes os dois e o espetanço do alvaro em barcelona foram diferentes. Em barcelona foi uma discussão num meio de uma curva em 3 ou 4 carros, e o petrov….bem ja se conhece o que fez

  12. noticia de O JOGO :

    Depois dos pontos o pódio para Álvaro Parente

    Depois de ontem ter conquistado os seus primeiros pontos da temporada, hoje Álvaro Parente subiu ao pódio de Nurburgring, depois de uma boa prestação numa corrida que não foi fácil devido às condições da pista.

    O jovem português arrancava do terceiro lugar da grelha de partida, o que lhe abria boas possibilidades para a prova de GP2 de hoje do programa do Grande Prémio de Fórmula 1 da Alemanha, mas com a pista molhada e com tendência a secar esperavam-se muitas dificuldades para todos os pilotos.

    O arranque correu bem a Álvaro Parente, ficando em posição de liderar a corrida após a primeira curva mas, aí, foi obrigado a travar para evitar um toque do seu carrasco de Silverstone – Vitaly Petrov – e desceu para o terceiro posto. O portuense passou a atacar Kamui Kobayashi mas, entretanto, foi obrigado a vergar-se perante Nico Hulkenberg que, com um carro afinado para chuva, voava nas condições que a pista apresentava. No entanto, um lugar no pódio nunca deixou de ser a prioridade do piloto da Ocean Racing Technology.

    Vitaly Petrov ficou ao seu alcance, dado ter sido penalizado devido a um toque (outro!) noutro piloto, e, depois de ter pressionado o russo até cometer um pião, Álvaro Parente ultrapassou Kamui Kobayashi a três voltas do fim com uma manobra autoritária, garantindo um óptimo segundo lugar. “Tínhamos o carro afinado tendencialmente para seco, dado que esperávamos que a pista secasse mais cedo, o que nos obrigou a realizar uma corrida de gestão, tentando rodar o mais rapidamente possível sem danificar os pneus e sem cometer erros. A ART e a Addax apostaram numa estratégia diferente e era impossível acompanhá-los. Estivemos muito bem ao longo de toda a corrida e este é um resultado merecido para toda a equipa”, sublinhou o piloto de vinte e quatro anos apoiado pela Soccerade, Delta, TMN, Aurora Group, Geotur e Cision.

    Depois de ontem ter pontuado pela primeira vez esta temporada, o pódio de hoje não podia ter acontecido em melhor momento, o que deixou Álvaro Parente satisfeito, apesar de estar já de olhos postos nas próximas corridas. “Este foi um fim-de-semana muito positivo e que já merecíamos um resultado deste tipo. Agora temos que continuar a trabalhar para mantermos os bons resultados e até para melhorar, porque o nosso objectivo passa sempre pela vitória”, apontou o piloto da Ocean Racing Technology.

    A GP2 terá agora duas semanas de interregno, regressando na Hungria, onde se espera que Álvaro Parente possa continuar a demonstrar o seu inegável talento e alcançar os resultados que estão ao seu alcance.

  13. Parabêns Varinho.

    O lugar que mereces chegou como é normal para um piloto com as tuas qualidades, ou seja os podiuns.

    Dizer aos amigos deste nosso espaço que a corrida que eu vi, foi uma corrida feita por um piloto que tinha um carro dificil de conduzir, como foi notorio pelas imagens, que foi INTENCIONALMENTE bloqueado na primeira curva (espanta-me a penaização do Petrov ter sido pelo toque no Di Grassi, incidente de corrida a partida e não por INTENCIONAL e CONSCIENTEMENTE ter tentando colocar um piloto fora da pista), que depois geriu o carro e os pneus como muita inteligência e que fez uma corrida rapida, atacou onde devia e defendeu-se onde podia.
    No final mais uma demonstração do porque o Alvaro é considerado o melhor piloto portugês no momento e um dos mais respeitados pilotos da GP2.
    Quanto as comparações com o Grosjean e com o Niko, acho despropositadas, pois quer um quer outro são pilotos de aviario, como eu lhes costumo chamar, meninos com TODOS os recursos que o dinheiro pode pagar a sua disposição, que nunca passaram por terem que chegar ao grid sem saber como vai ser o ano por causa de dinheiro e que nunca têm que pensar em mais nada senão sentarem-se num super-carro que lhes é entregue e correr.
    Já agora vai ser giro ver o Grosjean no meio do Grid da F1. Sem o papá Todt (filho). e com o Alonso como colega de equipe e o Briatore a chagar-lhe as orelhas.
    Quanto ao nosso varinho já as coisas como sabem já não são bem assim.
    Muito do sucesso da ORT este ano está nas mãos dos seus managers e engeneiros mas tambem num GRANDE piloto chamado Alvaro Parente, ou já ninguem se lembra da TECH 1.

    um Abraço para o Alvaro e para todos os amigos deste espaço.
    Miguel

  14. Ora Boa Noite!!

    Depois de uma noitada já com os olhos a fechar lá estava eu a ver a 2ª corrida do fim de semana, e O Varinho fez o favor me oferece uma grande corrida. Tirando o Hulk que esteve simplesmente imparável, o varinho foi o 1º dos outros. Quero realçar que depois de ter sido ultrapassado pelo Petrov notava-se que o Varinho ficou “on-fire” e passou a pressionar agressivamente o Russo da Addax que possuía um carro para chuva quando o Varinho tinha carro para seco. Como a pressão foi muita o Russo cometeu um erro e o Varinho aproveitou para o passar, como esteve a gerir pneus durante a corrida sabia que poderia atacar o Kobayashi (que teve um arranque notável, saiu de 9º) e assim foi.
    Se pudesse caracterizar a corrida do Varinho seria inteligente. (Será influencias do T. Monteiro????)

    Parabéns Varinho e obrigado pelo espectáculo que proporcionaste. Dos 4 da frente, foste foi sempre o mais seguido pela TV, pela corrida que efectuaste mas também tens o carro mais bonito do plantel. eheheheheh!
    Finalmente um fim de semana no pódio, agora é só continuar e daqui a duas semanas é para lutar pela vitória na Hungria. Já estou a contar os dias!!!

    Abraços

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: