Parente termina 1ª corrida em França no 5º lugar

Terminou há momentos a 1ª corrida do fim de semana da Superleague Formula em Magny Cours. Numa corrida em que Parente, no carro do Futebol Clube do Porto, não arrancou bem, caindo para 8º, com grande persistência conseguiu recuperar até ao 5º lugar. Teve uma boa paragem nas boxes e ainda conseguiu lutar até ao final pelo 4º lugar, não conseguindo no entanto ultrapassar o carro do Beijing conduzido por John Martin.

A segunda corrida começará as 13h e pode ser vista em http://superleague.triple-it.nl/

3 Respostas

  1. Não foi, de facto, um bom fim-de-semana, mas safa-se este 5º lugar, pelo menos.
    O 11º lugar da 2ª corrida também foi para o que deu, depois de sair lá de trás.

    A ver se da próxima o carro está melhor.

  2. @ Record:

    Álvaro Parente, que defende as cores do FC Porto na Superleague Formula, mostrou-se hoje revoltado com a atuação da sua equipa e desiludido por ter abandonado na segunda corrida, em Magny-Cours (França).

    “Fui prejudicado. Quando me deram instruções para entrar nas boxes, a minha pista estava ocupada. Acabei por ir para a pista seguinte, mas os pneus não eram para o meu carro e isso resultaria numa desclassificação. Tive que sair das boxes e regressar”, explicou Álvaro Parente à Lusa.

    Mesmo assim, o piloto português seguia na sétima posição na segunda corrida e estava a um passo de qualificar-se para a Superfinal, mas acabou por abandonar devido a um problema na embraiagem.

    “Espero que tudo corra melhor em Madrid e que a equipa não volte a cometer um erro destes. Estou a dar o meu melhor, podia ter alcançado um bom lugar, mas a equipa prejudicou-me. Assim é difícil”, desabafou.

    Na primeira corrida, Parente foi quinto classificado e disputou até ao final uma verdadeira ‘batalha’ com o carro do Beijing Guoan, do australiano John Martin, que acabou por terminar em quarto.

    “Tentei passá-lo várias vezes, mas ele defendeu-se bem. Não foi muito correto comigo, mas, pelos vistos, aqui na Superleague vale tudo. Nas competições da FIA, os pilotos são desclassificados se mudam várias vezes de posição e ele fez isso muitas vezes”, disse o piloto portuense.

    Por seu lado, o espanhol Borja Garcia, que levou o Sporting ao 11.º e quinto posto nas duas corridas, mostrou-se satisfeito com a atuação em Magny-Cours, mas mesmo assim “seria possível ter feito melhor”.

    “O carro na segunda corrida estava bom e não fosse aquela confusão nas boxes e a entrada do safety car talvez tivesse terminado na segunda ou terceira posição”, afirmou à Lusa, no final da terceira ronda da Superleague Formula.

    A competição de clubes de futebol no automobilismo regressa a 19 e 20 de junho, no circuito de Jarama, nos arredores de Madrid.

    • vi a segunda corrida e de facto houve uma altura em que o alvaro era o segundo classificado,entre os que ja tinham parado.mas depois a segunda paragem nas boxes estragou tudo. até podia ter sido um fim de semana bastante positivo…no minimo com presença na super final.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: