Álvaro Parente mostra competitividade

Álvaro Parente esteve em bom plano na qualificação para a primeira corrida de GP2 do programa do Grande Prémio da Alemanha, garantindo um lugar na quarta linha da grelha de partida.

Após as boas indicações deixadas em Silverstone, onde alcançou o segundo lugar da grelha de partida, o jovem português chegava a Nurburgring com o intuito de alcançar os resultados que tem mostrado estarem ao seu alcance.

Hoje, o piloto da Carlin deu o primeiro passo para conquistar esse desiderato, tendo registado o sétimo crono na sessão que definiu a ordem de partida para a prova de amanhã. “Temos vindo a evoluir o carro e as modificações que realizámos entre os treinos-livres e a qualificação deram os resultados esperados, mas ainda temos muito trabalho pela frente. Na minha melhor volta apanhei algum tráfego e, sem essa contrariedade, julgo que poderia alcançar o terceiro posto. No entanto, provavelmente também os pilotos que ficaram à minha frente sentiram esse problema”, afirmou Álvaro Parente.

O piloto da McLaren GT considera que a prova de amanhã será um desafio exigente, dado que as condições climatéricas estão muito instáveis, mas sublinha que irá trabalhar juntamente com a sua equipa de modo a poder garantir o resultado que ambiciona. “Vamos ter uma prova difícil pela frente, uma vez que a chuva, caso apareça, pode baralhar tudo. No entanto, estamos convencidos de que poderemos garantir uma boa classificação, mas temos que continuar a desenvolver o carro de modo a podermos mostrar-nos competitivos face aos nossos adversários”, frisou Álvaro Parente.

A prova de amanhã terá o seu início às 14h40, hora de Lisboa, contando com transmissão em directo na Sport TV2.

6 Respostas

  1. Tá quase a começar😀

  2. penalização para o parente parece que também não é desta que chega aos pontos😦

  3. Alvaro, se vieres aqui ler isto deixo-te um pedido, amanhã já que sais do fundo do pelotão, faz-nos um favor (que a Carlin não fará muita diferença seguramente)

    PUXA POR ESSA MERDA ATÉ O MOTOR REBENTAR!!!!!!!!!

    E manda os pseudo comissários a MERDA!

    FORÇA PARENTE

  4. Malta

    desculpem o linguajar, mas estou mesmo F, acreditem, mesmo F

  5. Como é possível uma equipa como a Carlin com a experiência que já tem noutros escalões (F3 por exemplo) continuar a errar desta forma na estratégia de corrida? Se há 2 semanas chamou o AP demasiado tarde, desta vez fê-lo, a meu ver, demasiado cedo. Ainda não tinha passado sequer 1/3 da corrida e como se não bastasse os pit-stop´s estão a ser mais demorados que os das outras equipas. Não é preciso ser-se um Sun-Tzu para ver que perto do fim o AP já não teria pneus. Ele lutou com o próprio carro. Olhe-se para a estratégia do Filippi para se perceber que essa é que resultou. Foi confrangedor ver o AP nessa situação. Pessoalmente prefiro vê-lo a poder demonstrar todo o seu talento em estruturas mais capazes o que nunca aconteceu desde que chegou à GP2. E já não falo desse “desastre” que foi a SF. Por fim, a penalização para além de ridícula parece ser cirúrgica. Resta saber se a referida manobra acontecesse com “certos” pilotos, se o resultado seria o mesmo. É que na corrida da GP3 verificou-se uma situação análoga cujo resultado foi… nada.

    • Ainda hoje com O massa e com o Buemi, esse então…..

      Enfim..

      Um piloto português não basta ser talentoso, ainda tem que lutar CONTRA TUDO E CONTRA TODOS.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: