Álvaro Parente demonstra potencial do MP4

Álvaro Parente demonstrou hoje o potencial do McLaren MP4-12C GT3 nas 3 Horas de Silverstone, derradeira ronda do Blancpain Endurance Series, e só um problema técnico o impediu de alcançar um resultado de relevo.

O piloto português foi incumbido de arrancar com o carro número cinquenta e nove e, com um ritmo ao nível dos primeiros, chegou a alcançar o quinto posto, mostrando a verdadeira performance do GT da mítica marca britânica, ao se manter a menos de dez segundos dos líderes. “O nosso início de corrida demonstrou claramente o nosso potencial, muito embora ainda seja necessário entender algumas características do carro. Mas conseguimos rodar ao nível dos primeiros consistentemente e penso que era com naturalidade que poderíamos conquistar um bom resultado”, apontou Álvaro Parente.

No entanto, perto da primeira troca de pilotos, estavam decorridos quarenta e cinco minutos de competição, dificuldades técnicas começaram a incomodar o piloto da McLaren GT, acabando por serem determinantes para o desfecho da sua prestação. “No final do meu turno de condução comecei a sentir alguns problemas electrónicos que se reflectiram no meu andamento, momento em que comecei a perder cerca de um segundo por volta para os pilotos que seguiam à minha frente. O motor chegou mesmo a desligar-se, mas consegui chegar às boxes. No entanto, acabámos por abandonar mais tarde. Estamos no caminho certo do desenvolvimento e isso é muito importante”, sublinhou o jovem português que, em Silverstone, dividiu o McLaren MP4-12C GT3 com Olivier Turvey e Danny Watts.

O piloto português irá agora prosseguir o desenvolvimento do carro inglês de modo a que na próxima temporada possa explanar todo o seu verdadeiro potencial.

Advertisements

25 Respostas

  1. FORÇA ÁLVARO!!!
    Mais uns pózinhos e esse carrinho até voa!! :O)

  2. Só vi agora que a prova foi neste fim de semana.
    Fico feliz por saber que o carro está melhor, mas triste em saber que o carro continua a ter problemas de juventude, o que leva a que todo o potencial não seja mostrado com mais clarividência.

    Com o Álvaro ao volante e a desenvolvê-lo, certamente que daqui a uns meses o carro estará mais consistente, e a revelar todo o seu potencial, sem falhas de juventude.

  3. “Álvaro Parente demonstra potencial do MP4”

    mas qual potencial ? este carro ainda não acabou uma unica corrida oficial, e enquanto andou em pista nao estava propriamente na liderança !

    pobre alvaro que só se mete em projectos falhados … ! nem na mclaren tem a competitividade que um piloto da sua craveira merece ! e assim foi mais uma época para o galheiro, em que só um segundo lugar no monaco com um carro emprestado pelo GRANDE D. Alfonso mostrou aquilo que o alvaro pode e consegue fazer,
    foi uma epoca decepcionante … venha de la o teste de f1 com o mclaren que é para a malta se esquecer da pobreza que é este mclaren mp4-12c gt3 .

    força alvaro, estamos contigo !

  4. De início parecia que era desta que o Álvaro ia a arrancar um bom resultado, mas o carro teve outras ideias. Cá continuarei a acompanhar as corridas dele e à espera de melhores dias, e dos resultados que o Álvaro merece.

    Só uma correcção no primeiro parágrafo, foram 3 horas de corrida, não 6 😛

  5. Está difícil transformar este projecto em algo digno para o Álvaro. É evidente que por muito bons que sejam os pilotos, sem carro não há santos que façam milagres e esta estrutura de desenvolvimento da vertente técnica do carro deixa-me muito a desejar. Muitas pessoas equiparam este grupo à McLaren de F1, mas a verdade é que são dois campos de actuação bem opostos. Nem o McLaren F1 de 1995 teve uma apresentação tão difícil. Se não me engano, no ano de estreia conseguiu vencer a sua classe em Le Mans, uma prova de 24 horas.

    Este ainda aguenta uma ou duas horas mas depois começam os problemas que deitam a perder qualquer perspectiva que passe por terminar a corrida pelo menos no Top 10, já que para o pódio é outra fasquia. A questão que nesta altura se impõe é por quanto mais tempo vão continuar os problemas de juventude. Os fãs de um piloto querem vê-lo a lutar contra os melhores na pista, a acabar corridas e a lutar por vitórias. A carreira do Álvaro andou sempre nessa bitola. Vê-lo assim a abandonar sistematicamente, sem que se perspective um resultado prometedor não é animador.

    • Faço minhas as suas palavras.
      Dá a ideia de que a MacLaren ainda não gastou os €€ suficientes para desenvolver o carro. Mas vai ter de pensar rápido, pois com vários carros já vendidos, as equipas que os adquiriram, vão querer ver os seus investimentos rentabilizados. Se não me engano o MacLaren F1 de 1995 tinha motor BMW e neste carro a marca apostou num motor próprio e claro está a necessitar de muito mais desenvolvimento. Acredito também que no futuro este carro irá ganhar provas, o problema é que quando assim for a carreira do Álvaro já era! A MacLaren por este trabalho do Álvaro devia oferecer-lhe a opurtunidade de correr na IndyCar ( o que foi, eu gosta do campeonato! ) em conjunto com o desenvolvimento do Gt e assim publicitava mais a marca e vendia mais uns quantos GT’s para os EUA 🙂

      Cumprimentos.

      • Sim, ACM. O McLaren F1 de 1995 tinha motorização BMW. E nasceu bem, começou a ganhar corridas no ano de estreia.

  6. Claramente, o Alvaro tem que dar outro rumo à sua carreira para melhor.
    Senão rapidamente desaparece da ribalta, e fica esquecido.
    Quanto ao projecto Mclaren o carro tem que evoluir muito este ano para estar competitivo em 2012, se assim não fore será um chasso, sem apelo.

  7. Boa tarde

    Já há muito que aqui não venho, mas tambem não há muitas razões para cá vir, o que desde logo lamento.
    No entanto o carinho que tenho pelo piloto Alvaro Parente, faz-me voltar de quando em vez.
    Por falar no Alvaro, alguem sabe se está bem de saude??
    Alguem sabe onde o poderemos ver a competir e quando????

    Se alguem tiver uma noticia, que a coloque aqui.

    Um Abraço a todos

  8. O Alvaro deve andar a apanhar caracois.Quem pode ser fã de um piloto assim?Confesso que estou cansado de isto ser sempre assim.O Alvaro podia ter agradecido pelo menos a quem se lembrou que ele fez anos.Não teve essa ombridade.Quando acordar e tarde.Tenho pena.Felix da Costa na OCEAN.

  9. Parece k este blog esta a dar as ultimas.ja ninguem aqui comenta?

  10. Mas comentar o quê?????
    Não há nada para comentar…………

  11. Quando Deus dá não tira. Um talento perdido nesta conjuntura do circulo. Circulo que só os países ricos podem concorrer. GP2 é muito caro para um Português. O que dizer da F1 ! .Mais palavras para quê!!! À que esperar e apoiar o nosso grande piloto quando assim for possível…

  12. Cá está. Quem não é visto é esquecido!
    Notícias do Alvaro nem vêlas! Será que ainda continua o desenvolvimento do Mac? Espero que não tenha ficado sentido com as opiniões que aqui deixamos. Se calhar até estávamos a ser realistas como agora se prova….
    Bom, venham daí esses “bitaites”, para ver se animamos isto.

    Cumps.

  13. Pois, esperemos que esta espera traga algo de positivo.Que posso dizer?Verifiquei hoje o site Forix, fiquei animado e porque? Vejo o nome do Alvaro, aparecendo como 3ª hipotese ou para a Carlin, ou para a R.Engeenering (espero que seja o esforço final do Sr.Pedro Santos) e ultima hipotese para ele ser campeão.Não há mais espaço para erros nem correr em equipas da treta.O nome dele não aparecia na semana passada como hipotese para a Gp2, se a Mclaren ajudar pode ser muito bom

  14. Ps:Desculpem a minha vontade e tão grande de ver o Alvaro na Gp2 que me equivoquei. Aquilo que vi era sobre 2011, eu não reparei. As desculpas pelo sucedido.Era bom de mais. Voltamos a estaca zero.

  15. Noticias sobre o piloto (nada). Melhor escrever um livro. Alvaro Parente e a crise em 2011.
    Estamos todos a levar com ela como gente grande. Horribilis suprime.

  16. Alguém sabe se a MacLaren vai participar no teste de jovens pilotos em Abu Dhabi? A estrutura que acompanha o Álvaro tinha aqui a hipótese de brilhar! Aí sim mostravam trabalho. Levavam o CR7 a acompanhar, publicicade da grande!

    Cumprimentos.

  17. Miseria.Mclaren com Gary Paffet e Olivier Turvey em Abu Dhabi. Onde anda o mangemant do Alvaro? A dormir como sempre.

    • Para o José Neves e o ACM em particular, mas para todos em geral,

      O Turvey e o Paffet são os pilotos de testes principais da equipa de F1 da McLaren. Não o Álvaro.
      O nosso amigo pode ter estatuto igual a esses pilotos, mas quem à partida será melhor para testar o carro, e trazer feedback será quem já andou mais com o dito cujo veículo. O Álvaro é conhecido como sendo um piloto que traz valioso feedback sobre o carro, mas o Paffet e o Turvey estão mais habituados à equipa e ao carro, o que é uma mais valia. Para além do mais, o trabalho do Álvaro não é com a equipa de trabalho da F1, mas sim com a equipa de GTs. Para o bem, e para o mal.

      Como disse o Miguel, a ambição do Álvaro em entrar numa equipa de F1 resume-se tão somente a isto “se vier, ainda bem, mas se não vier, tenho pena, mas é a vida”. Foi a opção realista, olhando a todas as desilusões dos últimos anos, e atendendo ao panorama atual, ainda para mais com outro piloto, o AFC #13, a dar cartas para lá chegar (e que agora vai ter a parte mais difícil).
      Além do mais, a situação das empresas portuguesas, da economia portuguesa em especial, e da Europa não é propriamente boa, como todos sabemos, pelo que a obtenção de apoios por todos não é particularmente fácil. E no caso do Álvaro ainda mais difícil é: não vai para novo, não teve épocas recentes boas, não tem empresas-madrinhas, etc.

  18. Amigos;

    Mas vocês ainda pensam em F1 para o Alvaro??
    Esqueçam o assunto, o Alvaro escolheu outro tipo de carreira e diga-se foi tambem forçado a tal pela actual realidade da F1 e do mundo.
    Desejo-lhe o melhor naquilo que el faça a nivel desportivo.
    Sobretudo que seja feliz.
    pode ser que entretanto ele ou alguem que gere a sua carreira se lembre que ainda existem por aqui uns resistentes e um blog que foi feito com carinho e muita dedicação e venham pelo menos desejar Boas festas.

    Pois este ano tá feito……
    E o proximo ninguem sabe……….

    Abraço a todos e boas festas.

  19. Bom, pelo menos o meu comentário deu para movimentar aqui a malta 🙂

    Cumprimentos

    • De facto.

      Já agora, uma informação: o Hélder Rodrigues foi eleito atleta do ano pela Confederação do Desporto de Portugal, depois de uma votação que envolveu o público, lutando contra mais 4 grandes nomes do desporto nacional: Cristiano Ronaldo, Fernando Pimenta (devia ter ganho 😉 ), João Pina e João Silva.
      De lembrar que o manager do Álvaro é o mesmo do Hélder Rodrigues. Os meus parabéns aos PMS e ao HR.

  20. Este blog já foi??? Não há outra foto? Coloquem uma pit babe, sempre
    tem outro assunto.

  21. desculpem mas isto é uma vergonha.1mês sem se ter uma noticia.nao me venham dizer k nao ha nada para comentar pq se alguem tivesse um pouco de interesse por este blog.ja tinha posto aqui um novo topico.
    andam tao ocupados assim k nao podem dizer nada!duvido!!!!
    Parente tb podias mostrar um pouco mais de interesse por este blog e dizer aluma coisa.quem nao aparece desaparece…..
    mesmo assim tou contigo varinho………”com qualquer carro” sempre a fundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: