Álvaro Parente: no caminho certo

Álvaro Parente esteve presente em Paul Ricard nos dois últimos dias, onde decorreu o teste oficial do Blancpain Endurance Series, mostrando-se satisfeito com as soluções encontradas para o McLaren MP4-12C GT3 da United Autosports.

O jovem piloto português teve uma primeira mostra da competitividade que o espera no mais importante campeonato de endurance dedicado a carros de Grand Turismo, com cerca de cinquenta automóveis presentes no conhecido traçado situado nos arredores de Marselha.

Álvaro Parente, que fará equipa com David Brabham e Matt Bell, concentrou a sua actividade na busca das melhores afinações para o McLaren MP4-12C GT3, tendo em vista a temporada que se avizinha, mostrando-se agradado com a evolução protagonizada pelo carro inglês. “Foi um teste muito positivo, dado que não tivemos problemas técnicos e experimentámos as soluções que tínhamos em mente. Definimos os amortecedores e as molas que vamos utilizar, para além de outros componentes, e as conclusões a que chegámos foram muito interessantes. O nosso set-up de corrida é muito competitivo, o que me deixa confiante”, explicou o piloto oficial da McLaren GT.

O teste desta semana organizado pela SRO, que teve como fim definir o Balance Of Performance de 2012, foi o derradeiro antes do início da competição deste ano, que começará em Monza no próximo dia 14 de Abril. Álvaro Parente acredita que, depois do trabalho desenvolvido ao longo do defeso, se encontrará no pelotão da frente e capaz de se bater por bons resultados dentro da classe Pro. “Este foi o nosso último teste antes do início da época do Blancpain Endurance Series e julgo que trabalhámos muito bem ao longo do Inverno. Acredito que estamos numa boa posição para lutarmos pelas posições cimeiras, muito embora seja evidente, até pelo que vimos em Paul Ricard, que esta competição terá um nível extremamente elevado”, sublinhou o piloto português.

Álvaro Parente irá, agora, focar a sua atenção no Campeonato do Mundo FIA GT1, competição onde defenderá as cores da McLaren a bordo de um dos carros da Hexis Racing, estando escalado pela equipa Campeão do Mundo para o teste que decorrerá nos próximos dias 26 e 27 de Março em Navarra.

2 Respostas

  1. Álvaro Parente e ASM estiveram em testes para o Blancpain Endurance Series
    Tiveram lugar no circuito de Paul Ricard, em França, os testes de pré-temporada da Blancpain Endurance Series, como preparação para a primeira corrida da temporada, a decorrer em Monza, no fim de semana de 13 a 15 de abril. Nestes ensaios, mais do que realizar tempos rápidos, o principal enfoque das equipas foi evoluir as afinações dos seus carros e dar aos pilotos maior ritmo competitivo.

    Na categoria Pro Cup, o mais rápido foi o Ferrari da Kessel Racing com Gsergey Afanasiev, Daniel Zampieri e Lorenzo Bontempelli aos comandos, graças a uma volta a 1.59,621s. No BMW Z4 da Marc VDS passaram vários pilotos, como Bas Leinders, Max Martine, Bert Longin, Mike Hezemans, Markus Palttala e Henri Moser, sendo que a melhor volta da formação, em 2.00,169s, valeu-lhe a segunda posição. Igual tempo foi realizado pelo McLaren MP4-12C GT3 da United Autosports, com Álvaro Parente, David Brabham e Matthew Bell aos comandos.

    Na classe Pro-Am, a liderança coube ao Ferrari da SOFREV ASP, pilotado por Ludovic Badey, Patrice Goueslard, Jean-Luc Beaubelique e Guillaume Moreau, estes com uma volta em 1.58,463s, ficando sem segundo lugar o carro semelhante de Eric Debard, Olivier Panis e Gabriel Balthazard, estes com um tempo de 1.58,723s.

    Também nestes testes estiveram Ricardo Bravo e Karim Ojjeh, no novo McLaren MP4-12C GT3 da equipa lusa ASM, com estes a destacarem o bom trabalho feito nestes dois dias: “De um modo geral o teste correu bem. Tivemos alguns pequenos problemas com o carro, mas nada que nos impedisse de completar os dois dias de evolução. O nosso objetivo não era fazer tempos, mas sim encontrar boas soluções para os pequenos problemas que fossem aparecendo devido a juventude do carro. Foi uma boa oportunidade para nos adaptarmos melhor ao McLaren e desenvolvermos mais a nossa máquina que demonstrou ser competitiva”, comentou Ricardo Bravo no seu regresso a Portugal. Lourenço Beirão da Veiga, o terceiro integrante da equipa, esteve ausente dos testes devido a outros compromissos.

    Ler mais: http://autosport.sapo.pt/alvaro-parente-e-asm-estiveram-em-testes-para-o-blancpain-endurance-series=f104339#ixzz1q3potuYO

    • O 2º lugar ex-aequo não diz nada, mas também não é um mau indicador, principalmente depois das posições mais modestas que ocupavam na época passada nos treinos de qualificação.
      Como a competitividade é elevada, fica tudo em aberto, mas promissor. Ou não?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: