Dia difícil, mas competitividade confirmada

Álvaro Parente teve hoje uma tarde complicada em Nogaro, terminando a Corrida Principal da primeira ronda do FIA GT Series no décimo segundo lugar com um carro pouco competitivo e depois de duas penalizações. 

Após a vitória de ontem, o duo do McLaren MP4-12C GT3 #9 arrancava para a prova de hoje da pole-position, tendo Sébastien Loeb mantido a liderança no arranque. No entanto, cedo ficou evidente que o carro inglês não demonstrava a competitividade de ontem e o multicampeão mundial de ralis esteve sempre sob pressão do seu mais directo perseguidor ao longo do seu turno.

A situação do duo luso-francês acabaria por se complicar em redor da troca de pilotos, recebendo duas penalizações que atiraram a dupla do McLaren número nove para o posto final. “Foi uma corrida complicada. Sofremos um Drive-Through, dado o Séb ter desapertado os cintos ainda com o carro em andamento, o que nos atirou para fora do pódio. Ainda assim, seria sempre muito complicado mantermo-nos entre os três primeiros, uma vez que, com estas condições o nosso carro não estava tão forte e estávamos a gastar muito os pneus. Já após o final da prova sofremos nova penalização, desta feita de trinta segundos, devido ao meu incidente com o Rast, logo a seguir ao ‘pit-stop’. Penso que foi uma situação de corrida perfeitamente normal. Sem ter o carro muito rápido, tinha que aproveitar todas as oportunidades e quando ele abriu um pouco a trajectória tentei meter a frente, mas ele fechou e o contacto foi inevitável”, afirmou Álvaro Parente.

Apesar do resultado menos interessante de hoje, o piloto português abandona Nogaro optimista para a restante temporada, mostrando-se confiante de que 2012 poderá ser um ano de muitos sucessos no FIA GT Series, como prova o triunfo de ontem na Corrida de Qualificação, disputada com piso seco. “Penso que o mais importante deste fim-de-semana é que demonstrámos que temos andamento para discutir o campeonato. Julgo que eu e o Séb formamos uma equipa forte, tecnicamente a estrutura é evoluída e o carro é genericamente competitivo. Portanto, vamos dar o nosso melhor em cada uma das etapas de modo a podermos lutar pelo ceptro deste ano”, sublinhou o piloto da McLaren GT.

A próxima prova do FIA GT Series terá lugar em Zolder a 21 de Abril. No entanto, antes, Álvaro Parente terá a primeira ronda do Blancpain Endurance Series que será realizada em Monza a 14 de Abril, competição onde defende as cores da McLaren ao serviço da Hexis Racing.

Anúncios

2 Respostas

  1. Porque é que o alvaro não mete as cores da red bull no capacete?

  2. a red bull so patrocina o loeb e a equipa nao o loeb
    ja no podio o loeb levava um chapeu da marca e o parente da pirreli
    tambem podemos ver que o loeb tem o patroicionio da citreon no fato e o parente nao tem

    sao patrocinios que os pliotos tem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: