AParente_FT_021

Depois de no sábado ter passado por um dia difícil, Álvaro Parente sabia que teria uma tarefa complicada para as corridas deste domingo, mas ainda assim conseguiu levar o McLaren MP4-12C número vinte e três da United Autosports até ao décimo lugar na primeira corrida da etapa de Snetterton do Campeonato Britânico de GT.

As qualificações não correram da melhor forma aos pilotos do carro inglês, tendo Zac Brown assegurado o décimo oitavo lugar da grelha de partida da primeira prova, ao passo que Álvaro Parente era obrigado a arrancar do último lugar para a segunda, dado o seu colega de equipa ter danificado o McLaren na primeira qualificação, o que o impediu de sair das boxes.

Apesar das contrariedades, o piloto português estava apostado em atacar desde início e, na corrida da manhã, conseguiu cortar a linha de meta no décimo posto. Na segunda, um toque de um concorrente mais lento logo na primeira volta, enviou-o para as boxes com um furo, impedindo-o de realizar a recuperação que ambicionava.

“Todo o dia de hoje ficou condicionado pelos resultados de ontem e era complicado conseguir alcançar os lugares da frente, dado que este circuito é muito sinuoso e não é fácil realizar ultrapassagens. Ainda assim, na primeira corrida, o Zak entregou-me o carro no décimo terceiro posto e eu consegui ainda ganhar três posições, cruzando a meta no décimo lugar. Na segunda, um concorrente não me viu e deu-me um toque e tive que passar pelas boxes devido a um furo – a partir daí tínhamos a prova estragada, terminando no décimo oitavo posto”, afirmou o piloto oficial da McLaren GT.

Após um fim-de-semana em que diversos factores contribuíram para que não alcançasse os resultados que desejava, Álvaro Parente espera poder nas próximas provas conquistar as classificações a que nos habituou ao longo da sua carreira. “Tivemos alguns azares ao longo deste evento em Snetterton que acabaram por determinar o seu desfecho. Acredito que na próxima etapa da competição possamos estar entre os mais rápidos e lutar pelos primeiros lugares. A equipa vai trabalhar afincadamente e recuperar totalmente o nosso McLaren que, depois do acidente de ontem, demonstrava-se pouco veloz em recta nas corridas de hoje”, revelou o piloto português.

A próxima prova de Álvaro Parente terá lugar em Paul Ricard no próximo dia 30 de Junho, contando para o Blancpain Endurance Series.

Uma resposta

  1. O azar continua.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: