GP2 Monza: “Corridão” e azar

Mais uma vez, os fãs do Álvaro puderam assistir a uma fabulosa corrida do piloto

Infelizmente para o piloto português, razões alheias à sua pilotagem voltaram a tirar-lhe um possível bom resultado.

Álvaro Parente lucrou com algumas desistências e, graças à sua já habitual condução rápida em piso molhado, fez ultrapassagens que o colocaram nas objectivas das câmaras, e também na 12ª posição – tendo partido de 21º na grelha.

Chegou a ter a volta mais rápida da corrida, apesar de no final da corrida ter voltado a dizer que o carro estava muito lento – como se poderia ter comprovado se a pista secasse – e, à entrada nas boxes, o azar voltou a bater à porta.

Desta vez, o suporte do macaco traseiro partiu e a roda de trás não pôde ser colocada. Entretanto, o motor do SuperNova “morreu”, e a belíssima corrida do “nosso” piloto acabou ali.

Quanto ao resto da corrida, Pantano cometeu um erro ao pisar a linha à saída das boxes quando ia em 1º lugar, sendo penalizado com um “drive-through” que o fez cair para o 9º lugar. Assim, a liderança ficou à merçê de Lucas di Grassi que teve uma corrida bastante disputada com Pastor Maldonado que ficou em 2º lugar, sendo o último lugar do pódio para Buémi. Mesmo com a 10ª posiçao, Pantano sagrou-se campeão pois Bruno Senna não foi além do 5º lugar, insuficiente para se manter na corrida pelo título.

Da parte da equipa do blog, os sinceros parabéns ao Álvaro por mais uma boa corrida, e o apoio necessário em alturas menos boas.

Advertisement

GP2 Itália: Pouca Sorte

Álvaro Parente parte da 11ª linha da grelha, para a 1ª corrida em Monza

Numa sessão de treinos livres com a presença de muita chuva, Álvaro Parente foi regularmente um dos pilotos mais rápidos. No entanto, perto do final e já com a pista seca, Álvaro Parente não teve tempo para proceder às alterações para seco, caindo para a 12ª posição.

Os treinos de qualificação começaram já sobre um verdadeiro dia de verão com o piloto português sempre bastante longe dos pilotos da frente, terminando num modesto 21 lugar a mais de 1 segundo do homem da pole, Giorgio Pantanto.

Não consegui ser mais rápido. O carro estava muito difícil de guiar e vamos ter de rever tudo para a corrida. Estou muito desanimado pois esta posição na grelha é muito frustrante. Para chuva tínhamos um carro muito competitivo, agora em seco, sinto que estamos ainda muito longe dos outros”.

Vários pilotos sentiram dificuldades para se impor, como é o caso do candidato ao título Bruno Senna e do francês Romain Grojean. A qualificação ficou assim ordenada:

Posição Piloto Equipa Tempo
1 G. Pantano Racing Eng. 01’31″220
2 L. Di Grassi Campos 01’31″239
3 S. Buemi Arden 01’31″330
4 L. Filippi Arden 01’31″440
5 V. Petrov Campos 01’31″527
6 P. Maldonado Piquet Sports 01’31″546
7 A. Zuber Piquet Sports 01’31″663
8 R. Rodriguez FMS 01’31″708
9 J. Villa Racing Eng. 01’31″797
10 K. Chandhok iSport 01’31″810
11 R. Gorsjean ART 01’31″949
12 B. Senna iSport 01’31″964
13 D. Valsecchi Durango 01’32″090
14 S. Yamamoto ART 01’31″881
15 A. Soucek Super Nova 01’32″165
16 M. Conway Trident 01’32″229
17 D. Nunes DPR 01’32″236
18 K. Kobayashi DAMS 01’32″361
19 J. D’Ambrosio DAMS 01’32″503
20 A. Valerio Durango 01’32″550
21 A. Parente Super Nova 01’32″604
22 M. Asmer FMS 01’32″808
23 H. Tung Trident 01’32″817
24 M. Herck DPR 01’33″021
25 C. Iaconelli BCN Comp. 01’33″264

A corrida será transmitida na SporTV, segundo o horário presente no artigo anterior.
Há previsões de chuva para Monza… oxalá se concretizem.