Respostas de Álvaro Parente

Aqui ficam as respostas às cinco melhores perguntas colocadas há alguns dias. Quanto às perguntas ao manager, Pedro Moreira dos Santos, ainda não puderam ser respondidas devido a indisponiblidade do próprio, naquela que presumo ser uma altura de fervilhar de negociações.

Aqui ficam as respostas:

Nuno Pereira:
Vários pilotos de fórmulas (Rubens Barrichello, Piquet Jr, Tony Kanaan, Grosjean, entre outros) e outras personalidades do desporto a nível mundial (Lance Armstrong, o mais conhecido) têm contas no twitter, actualizadas pelo próprio.
Será que o Álvaro estará interessado em ter a sua conta no twitter, partilhada pelo próprio, e onde vai contando directamente ao mundo um pouco do que vai fazendo?

“Sinceramente, não sou dos que passa mais tempo na internet, no Facebook, Twitter e outras redes sociais, por isso é pouco provável vir a ter conta no Twitter e ser eu mesmo a actualizá-lo.”

Miguel Ramalho:

De todas as equipas de F1 presentes em 2010, qual a que o teu coração diz que gostarias de representar?

“Pessoalmente, não tenho uma ‘super-preferida’, a minha vontade é sempre estar na equipa que me dê as melhores condições e o melhor carro… mas, claro, sempre gostei da Ferrari… e também da McLaren. Também gosto muito da Renault, até porque foi o primeiro Fórmula 1 que conduzi.


CDMafra:

Como geriu esta época em termos psicológicos? Isto é, como é que foi gerir a situação de de em muitas provas não terem havido bons resultados por culpa de terceiros? É duro em termos psicológicos, ou é uma coisa de que os pilotos têm que se abstrair e “fazer de conta” que não acontece?

“É duro, claro… principalmente quando se tem um andamento como aquele que demonstrávamos, quase sempre para fazer pódios e muitos pontos e foi difícil não marcar esses pontos devido a alguns acidentes. Mas levei sempre o mesmo pensamento em todos os fins-de-semana, fazer o meu melhor com aquilo que tinha ao meu dispor, e como conseguimos quase sempre estar bem em qualificação, os bons resultados teriam que aparecer, mais tarde ou mais cedo. E a verdade é que surgiram alguns bons resultados!

Vitor Alexandre:

Agora que terminou a segunda temporada na GP2, que diferenças estabeleces entre a Super Nova e a estreante ORT?

“Na SuperNova, era a minha temporada de estreia, mas a verdade é que no meu segundo ano estive com a Ocean, que era um equipa estreante! E não desiludiram; logo nos testes de inverno conseguimos ter um bom andamento, tudo evoluía rapidamente, a relação com os engenheiros e mecânicos era óptima e foi feito um excelente trabalho ao longo da época para chegar àqueles resultados.

É complicado estabelecer diferenças, mas provavelmente a mais notória foi nas qualificações: este ano estivemos quase sempre no topo da tabela, excepto 2 ou 3 corridas, ao contrário do que acontecia em 2008. É também de notar a capacidade de evolução da equipa: nas primeiras corridas da temporada, estávamos a gastar demasiado os pneus traseiros, talvez por ter um carro mais agressivo – como eu gosto! (risos), e na SuperNova não era bem assim, era mais “conservador” e gastava menos pneu, não sendo tão rápido. Porém, na Ocean, ainda antes de chegar ao fim da primeira metade da temporada, a equipa já tinha encontrado uma forma de manter a competitividade e agressividade de que eu gosto sem comprometer o gasto dos pneus traseiros, e é esse tipo de evolução que se quer, numa boa equipa.”

Luís Almeida:

Quais os teus livro e filme favoritos? Porquê?

“Quanto a livros, apesar de saber que devia ler mais (risos), não leio muito, seja por falta de tempo ou simplesmente por falta de interesse. Leio muitos jornais, mas livros… não chamam por mim!

Quanto a filmes, vejo muitos… gosto muito de filmes de comédia e de acção. Provavelmente o meu filme favorito foi o “Days of Thunder”, que vi quando era pequenino. Vi umas 4 ou 5 vezes, era com o Tom Cruise e a Nicole Kidman, e como envolvia NASCAR e também uns ‘picanços’ na estrada, na altura gostei muito!”

14 Respostas

  1. Alvaro

    mais uma vez obrigado pela tua disponibilidade e simpátia pelo pessoal aqui deste “teu” cantinho.

    Tou a espera de torcer por ti nos GP’s de F1 em 2010.

    Força e um Abraço

  2. Obrigado pelas respostas Álvaro.🙂

    De resto faço minhas as palavras do Miguel Ramalho. Fazemos votos para que em 2010 os portugueses voltem a seguir a F1 com um interesse especial, acreditando que possa ser uma ponte para novos triunfos.

    Força!

  3. Logicamente estas não foram as 5 melhores perguntas,mas sim as que interessava responder nesta altura de defeso.Pouco trouxe de novo.Obrigado.

    • Estas foram as 5 melhores perguntas. Eu avisei que era melhor fazer ao Álvaro perguntas mais pessoais e menos sobre o futuro, que OBVIAMENTE não são fáceis de responder nesta altura.

    • O João Pinho tentou chamar a atenção que queria umas perguntas mais viradas para conhecer o próprio Álvaro, e foi um pouco o que aconteceu.
      Mas claro, as perguntas sobre o futuro da F1 acabaram por não entrar neste leque, até porque, e como bem disseste, estamos numa altura de defeso.

  4. E claro, obrigado pelas respostas e, já agora, por terem escolhido a minha pergunta.

    E boa sorte para as negociações que por aí andam a “fervilhar”.

  5. Boa Sorte, Varinho. è certo que vás para a Formula1 mas era bom que ficasses lá por muitos e bons anos.
    Abraço.
    nfp
    Viseu-Portugal

  6. Não quero deixar de agradecer ao Álvaro a amabilidade e disponibilidade que teve para connosco em responder a questões colocadas pela malta.

    É compreensível que todos estejamos nervosíssimos e super-ansiosos por saber qual será o futuro imediato deste piloto de quem somos fãs quase fanáticos, mas era lógico que nesta altura não faria sentido ele estar a responder a questões com isso relacionadas. As negociações ainda decorrem e o segredo é a alma do negócio.
    Vou só dar 2 exemplos de cenários hipotéticos:
    1) Falando apenas das equipas onde o seu ingresso é plausível, o AP vinha aqui dizer que preferia a equipa A em vez da B. Os da B, por qualquer motivo, vinham a saber e, dada a grande oferta de pilotos, optavam por assinar com outro. Casos destes não são novidade e pelo menos no futebol já houve com fartura;
    2) Circula um rumor de que o AP está em contactos com uma série de equipas ou até que foram essas equipas que manifestaram interesse pelo AP e depois vinha ele aqui desmentir tudo isso, afirmando que afinal só há conversações mesmo com uma equipa. Vindo-se a saber isto, a cotação do AP baixaria de imediato e a equipa em questão passaria a fazer maiores exigências. Isto se não desistisse até por completo dele;

    São apenas exemplos de coisas que não podem acontecer (muitos mais haverá, certamente) e assim sendo o melhor é quanto menos respostas se der sobre o assunto, melhor.

    Acho que todos deviam compreender isto e se realmente querem o melhor para o A.P. então deixem-no sossegado para já pois ninguém deverá estar a sofrer mais do que ele enquanto não se firmarem as assinaturas. Por muito que dele gostemos, é a carreira DELE que está em jogo.

    • Luis concordo inteiramente consigo, é por isso que o Álvaro e a Polaris evitam falar sobre o futuro do Álvaro para não afectar as negociações.
      Abraço

    • Amigo Luis

      Não poderia estar mais de acordo.
      Compreendo o nervoso miudinho do nosso sempre activo José Neves que é seguramente extensivel a todos nós, no entanto não posso deixar de colocar aqui uma palavra de esperança, baseada apenas num raciocinio lógico.
      O AP quando ingressou na WSR pela TECH1 penso que ainda sem manegement ou pelo menos sem agente digno desse nome, não era sequer falado nos periodicos especializados por essa Europa fora.
      Quando a Polaris começou o seu trabalho com o Alvaro, começou, na minha opinião, da melhor forma.
      Numa noticia do AS, creio, em Espanha o Sr Jorge Mendes que não é propriamente um desconhecido no mundo dos negocios desportivos a nivel mundial disse,” O Alvaro Parente é o novo Alonso e vai ter uma carreira brilhante na F1″.
      Ora isto é o que eu chamo um aviso a “navegação” e vindo de quem veio é para “Tomar a sério”.
      Desde ai o nome Alvaro Parente aparece normalmente nos sites e jornais mais respeitados da Europa pelas melhores e tambem pelas piores razões (como o de todos os que se consideram opções de futuro no mundo dos monolugares).
      Tem cobertura mediatica em Portugal, pobre é verdade, mas é o que temos.
      Conseguiu (na minha modesta opinião) a melhor equipa de GP2 para a carreira dele, pois nitidamente a equipa estava a trabalhar para o AP.
      E ainda mais, hoje o Alvaro é definitivamente um piloto que anda nas bocas do paddock da F1 e de acordo com a Polaris e o proprio com mais que uma opção para ingressar na F1.
      Não sei se conseguira ou não, acredito que sim, mas o que quero dizer é o seguinte:

      Que diferença,, o antes da Polaris e o depois da Polaris.

      Por isso amigos, vamos saber esperar, deixar trabalhar quem está a tratar da carreira do Alvaro e para o ano, preparem a bandeira para pelo menos um podium em Spa.Tá combinado Varinho?????

      Abraços
      Miguel Ramalho

      • Excelente análise.
        É precisamente assim que devemos pensar.

        Permite-me apenas que complete uma ideia tua:
        Disseste que “Conseguiu (na minha modesta opinião) a melhor equipa de GP2 para a carreira dele, pois nitidamente a equipa estava a trabalhar para o AP” mas eu acrescentaria que não foi só por isso que a ORT foi a melhor equipa que o AP poderia ter… É que ao ser uma equipa estreante, qualquer feito do AP era mais valorizado e qualquer precalço era mais desvalorizado.
        Foi uma publicidade valiosíssima.
        Quanto mais não seja por isso, também teremos que agradecer ao Tiago Monteiro pela fabulosa equipa que montou como pelo facto de ter apostado no AP.

      • Caro Luís,

        Se por um lado o Álvaro tem que agradecer a aposta na ORT, por outro lado a ORT não terá que agradecer menos pelo facto de o Álvaro os ter representado o ano passado.

        Foi um “1+1=3”, no fundo.

      • Sim, Nuno, é lógico.
        Foi, no fundo, um casamento feliz🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: